Coração de Pedra


Já conheceu alguém com o coração duro?
Um coração de pedra. Impenetrável, ínvio, impérvio, imperscrutável.
A dificuldade de amar, a dificuldade do amor.
É a implacável suspicácia do coração que não aceita o cortejo.



Já sofreu tanto,
que aprendeu como cacto a viver no paramo.
Um coração que convive consigo mesmo,
para si mesmo, só em si mesmo.

Solidão é quando não temos fé para receber um mundo diferente do que vivemos.
Solidão é quando permitimos que os sonhos morram no emaranhado da dor. 
É quando o padecimento nos corrompe e a alma despreza a integridade.
Solidão é escutar uma música, entender a letra e faltar uma companhia para concordar contigo.


Solidão é ter um final de semana livre para viajar,
e não ter nem em você mesmo a vontade de ir.
Solidão é ter o excesso de amor,
e não ter ninguém para amar.

Solidão é o sobejo de si mesmo para si mesmo,
tendo possibilidade para abençoar a outros.
Nós quase que não percebemos o coração endurecer.

É uma decepção aqui,
outro desapontamento ali,
um desprazer acolá,
e quando menos percebemos, 
em uma pequena palavra de recusa, nosso coração está fechado no egoísmo.

Ter um coração de pedra,
é mais comum do que um café da manhã com pão francês e manteiga derretida,

É um populacho com o coração ferido, desvalorizado, solito. A infelicidade adoece.
Mas há uma esperança.

"Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne"  - Ezequiel 36 : 26

Para todo aquele se sente cansado, humilhado, desajudado,
existe aquele que nunca nos abandona, Deus.
Jesus, aquele que sempre o olhou para o doente,
e foi até aos proscritos da sociedade, disse:

"...e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos..." 
- Mateus 28:20



Ele esteve com prostitutas, cobradores de impostos, ladrões, assassinos, raivosos, mentirosos, hostis, pilantras, comerciantes, pobres, religiosos, doutores, professores, reis, ditadores, generais. Ele esteve com uma série de gente. Muitos caminharam com ele. Muitos sentaram a mesa com ele. Outros ainda viram seus milagres. Alguns lhe cumprimentaram, sentiram o suor de suas mãos. Foi servido por muitos. Serviu a outros tantos. Todos ouviram sua mensagem, poucos lhe conheceram o coração.

Para você que se sente só,
independente de quem seja.
A qualquer título ou diploma que você carregue.
Quem sabe você seja um médico - sozinho.
Um aluno - sozinho.
Um amigo - sozinho.
Um namorado - sozinho.
Uma mãe - sozinha.
Uma filha - sozinha.
Um mendigo - sozinho.
Um funcionário - sozinho.
Um qualquer - sozinho.

Solidão é quando não temos nem a nós mesmos.

A solidão não escolhe classe social, mas Ele, Jesus, escolheu você.
Ore a Ele, e ele virá até você nesse dia para lhe acalmar o coração e trazer sentido direção e refrigério.

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu único filho para que todo aquele que nele crê não pereça mas tenha a vida eterna" - João 3:16

Grande abraço,
Andy


Andy Veríssimo Blogueiro

Cristão, publicitário de profissão, teólogo e poeta nas horas vagas. Músico e ministro de louvor, amante de sorrisos, do amor, dos livros e de bacon, é claro. Desde pequeno, sempre escrevi poesias, sempre apaixonado pela escrita decidi colocar alguns desses retalhos num blog.

2 comentários:

  1. Que maravilhoso, Andy! Lindo demais.
    Quantas pessoas não estão nessa situação por aí, enquanto Deus só quer abraçá-las e transformar o mundo em que elas vivem. Deus só quer nos amar e nos chamar de Seus filhinhos.
    Beeijos, Andy!

    www.princesasadoradoras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita Thata. É verdade, muitas pessoas por aí com seus corações doentes. Que o amor de Deus os alcance!

      Beijo, Andy

      Excluir