Masturbação



 Pessoal, tudo bem com vocês?
No texto da coluna de hoje quero trazer um tema que tem conteúdo para escrevermos um livro. De maneira nenhuma quero que você sinta-se ofendido, mas a verdade é que a bíblia é clara sobre o tema da impureza. Muitas questões que envolvem a prática em questão - que na maioria das vezes já é um vício - sendo assim fatores científicos que explicam o funcionamento dos hormônios e das reações, além dos espirituais, que implicam na perca de sensibilidade, certamente você pesquisando vai ver que a intenção de Deus não é nos privar, mas nos direcionar para vivermos uma sexualidade sadia. Fato é que a bíblia não usa a palavra masturbação, mas ela da indícios, e é o que veremos no decorrer do texto.

É importante definirmos que impureza sexual é bem diferente de sexo.
Sexo é algo bom, criado por Deus e quando feito no tempo certo debaixo da bênção de Deus é algo maravilhoso. A impureza sexual é um desequilíbrio, uma deturpação de algo feito por Deus. 


"Vocês ouviram o que foi dito: "Não adulterarás". Mas eu digo: Qualquer que olhar para uma mulher e desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração. Se o seu olho direito o fizer pecar, arranque-o e lance-o fora. É melhor perder uma parte do seu corpo do que ser todo ele lançado no inferno. E, se a sua mão direita o fizer pecar, corte-a e lance-a fora. É melhor perder uma parte do seu corpo do que ir todo ele para o inferno."
Mateus 5: 27 a 30


Certamente você já leu este texto em algum momento. E talvez você nunca imaginou que Jesus estaria falando sobre masturbação. Esse é o tema, mas a gente não percebe. Hoje em dia a sensualidade está impregnada na nossa cultura, e se a masturbação já era um problema naquela época, imagina hoje onde a sensualidade está a vista de todos. Vemos sensualidade na TV, na internet nas propagandas nos outdoors, e na rua. Infelizmente nosso país é conhecido como um país sensual.

Antigamente se dizia "Não adulterarás" já com ideia do pecado ser o ato físico em si, mas aqui Jesus vai nos levar a entender que o pecado começa bem antes do ato, na nova aliança em Cristo, o pecado começa na intenção, isso já em pensamentos lascivos, cheios de cobiça.


Mas há esperança! É possível ter uma vida pura, no mundo dos pensamentos, no mundo das intenções. Tem muita gente por aí dentro da Igreja que fica se gabando por nunca ter cometido adultério físico, mas o texto trata de adultérios emocionais também, adultérios que podem não ter sido vistos pelos homens, pois o homem consegue ver a aparência, mas Deus enxerga o coração. Homens que estão com suas esposas, mas pensam em outras mulheres.



Mas vamos ao texto. Do que é que Jesus está falando? Note: "Se um homem olhar..." - olho"...para uma mulher..." - Mulher ou homem (pessoa), "...e a desejar..." - intenção. Logo depois ele diz: " Se a tua mão te faz pecar..." - e mão. Coloquei bem explicado para ficar claro. Olho, mulher, desejo, intenção e mão. Em outras palavras, masturbação.
Se um pai diz para criança, - Não coloca o dedo na tomada, filho! A criança pode pensar: - será que meu pai está querendo me privar de uma brincadeira nova? Será que meu pai não quer me deixar desfrutar dos prazeres da vida? Mas não. É para o nosso bem que Deus nos exorta. É para o nosso próprio bem que Deus quer nos ensinar. 


Quando caímos no pecado, temos a tendência a fugir. Nos escondemos, mas não fuja de Deus. As vezes o confronto e a vergonha são o melhor remédio para a cura. Todo o pecado tem consequências desastrosas. Alguns cientistas dizem que se pegarmos um sapo e colocarmos numa panela fervendo, no mesmo instante por causa do choque térmico ele vai pular na mesma hora. Mas se você pegar esse mesmo sapo e colocar em água natural, e ir aquecendo aos poucos, ele não consegue discernir e ter a sensibilidade de que aquela água o levará a morte. Assim é pecado na área sexual quando você o leva assim, sem freio, descendo a ladeira na banguela. Você pode não estar pecando desenfreadamente, mas um dia qui, outro dia ali... vai chegar o dia que vai se tornar natural e quando você se der conta sua área sentimental emocional e sexual estará manchada. Coisas que você fazia e tinha um tristeza enorme, hoje, já fazem parte da rotina sem peso algum. Na hora é o prazer, mas depois o vazio e o sentimento de sujeira.

Hoje em dia é tão natural, as pessoas fazem e isso é normal. Muitos chamados de especialistas vão até a TV para incentivar a prática. Se você pesquisar na internet eles dão até passos para melhorar o desempenho. Mas não se engane. O tema é polêmico, muitos defendem outros condenam. Eu acredito que nossa responsabilidade diante de Deus é de nos mantermos puros e levantarmos mãos santas a ele. (Salmos 24). Se a Bíblia é seu manual de vida e orientação, essa prática é condenada pelo Senhor. Se cair, peça perdão e lute para ficar firme. Peça ajuda, é possível viver em santidade. Logo você se casa e poderá desfrutar de uma vida sexual livre e debaixo da bênção do Senhor.


A ideia neste post é te conscientizar. Como disse, o tema é enorme. Se eu for abordar todas as implicações da prática da masturbação não caberiam nessa postagem. Mas a conscientização é o primeiro passo para mudança. Eu quis despertar a curiosidade pela pesquisa e espero de verdade que vocês procurem mais sobre isso, e acima de tudo mudar.

Sua vida com Deus depende desse passo, e a bênção na sua área emocional também.



Que Deus te abençoe, 
um grande abraço do Andy.


imagem ieapaz.org.br
Andy Veríssimo Blogueiro

Cristão, publicitário de profissão, teólogo e poeta nas horas vagas. Músico e ministro de louvor, amante de sorrisos, do amor, dos livros e de bacon, é claro. Desde pequeno, sempre escrevi poesias, sempre apaixonado pela escrita decidi colocar alguns desses retalhos num blog.

2 comentários:

  1. INCRÍVEL! ficou ótimo o texto! concordo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, muito obrigado pela visita *-* Que bom que gostou. Deus abençoe!

      Andy

      Excluir