Favor não merecido


Pobres e Pecadores. 
Imundos. 
Alheios ao verdadeiro amor. 
Indiferentes.



Há dias em que levantamos e queremos jogar tudo pro alto! 
Desistir é o caminho mais fácil. Jogar a toalha é melhor diante das adversidades,consumidos pela crítica e pelo egoísmo. 

Fracos. 
Falhas! Elas nos perseguem numa sociedade marcada pela maquiagem. 
Não podemos falhar... 
O erro é mais um maquinário acusador na nossa mente.

Tem dias que nada tem valor, nada nos atraí, consumidos pela mornidão, sepulcros calhados, lindos por fora, podres por dentro. 
Aparência. 
Escondemos nossas dores com sorrisos amarelos, lágrimas e olheras escondidas pelo excesso de maquiagem. A dor do coração escondida pela camiseta da moda! 
Indispostos. 
Oscilamos nosso humor 10 vezes ao dia, 100 vezes por mês, 1000 vezes por ano... parece até crediário. Doentes.
Vemos nosso próximo em dificuldade, (é aquele que te fez mal dias atrás) e dizemos: -Bem feito!
Esses somos nós. Seres Egoístas, Orgulhosos, Vazios, Desistíveis...






Mas, aí olhamos pra aquele homem subindo naquele lugar...
Condenado...



Ele carrega aquele madeiro com tanta dificuldade. É pesado. Literal e Espiritual.
Ele apanha, 3 vezes 40 chibatadas menos 1...
O sangue escorre de suas costas e pernas abertas pelas pontas pontiagudas da chibata.
Ele apanha.
Cospem nele. 

Não bastasse a humilhação física, a moral também. 
Batem nele. Olhado com tanto desprezo ignorância e indiferença.
Ele caminha calado. Ele apanha calado.
Ele é lançado no chão, pregam seus pés e suas mãos com um prego. 
Ele é erguido diante de todos como malfeitor... Mas ele não era.

Quando eu penso em desistir...
Quando tudo está tão difícil...
Quando ninguém me entende...
Quando da vontade de sumir e abandonar tudo...

Eu olho pra aquele lugar.
Eu olho pra aquela cruz.
Eu olho pra aquele homem Deus. Jesus.

Lembro-me que não foram os cravos que o pregaram ali. Foi o amor.
Ele não desistiu de mim.
Ele não desistiu de você!
Ele foi até o fim! "A causa é maior e as dificuldades sempre serão menores..."




A cruz me da força pra continuar.
A cruz me dá força pra amar sem querer nada em troca.
A cruz me alcança com graça todos os dias.

Nós não merecíamos isso.
Mas, Ele, foi em nosso lugar. Assumiu nosso erro. Porque nos ama.

Quando tudo estiver difícil, não desista! olhe pra Cruz...

Ele foi até o fim por nós!
Andy Veríssimo Blogueiro

Cristão, publicitário de profissão, teólogo e poeta nas horas vagas. Músico e ministro de louvor, amante de sorrisos, do amor, dos livros e de bacon, é claro. Desde pequeno, sempre escrevi poesias, sempre apaixonado pela escrita decidi colocar alguns desses retalhos num blog.

2 comentários:

  1. Amei o texto. É a mais pura verdade, pois não somos merecedores do amor de Deus e mesmo assim Ele nos ama.
    Quando me vejo em uma situação difícil, sempre me lembro dessas palavras: Aponta pra fé e rema. Sem olhar para trás.

    ResponderExcluir