O desafio do amor - #11



 Uma das atitudes mais lindas do amor, é que ele cuida. Saber cuidar é amor. Se deixar cuidar também é amor. Dia após dia, as pessoas se tornam independentes, e não há problemas nisso. Entretanto, num relacionamento, ser independente demais é um problema. O amor é dependente. Não porque ele queira ser intencionalmente. É porque o amor tem esse sentido de completude, onde um completa o espaço que falta no outro.  Quando amamos, nosso coração fica vulnerável. Amar é se tornar vulnerável. Nosso coração se abre para essa pessoa que é o objeto do nosso amor. É aí que tudo acontece, se você se apaixona pela pessoa errada, você vai sofrer por ter aberto seu coração, mas se você amar a pessoa certa, então poderá viver uma linda história de amor. Mas, em tudo, ser independente em parte, não é um problema. Num relacionamento você não pode perder sua identidade, mas ao mesmo tempo não deve fazer tudo pensando só em você. O problema é quando essa postura de independência vem carregada com arrogância e orgulho.

O amor é zeloso, procura sempre o bem do outro. O cuidado no relacionamento só não é saudável quando ele é excessivo, quando ele priva a liberdade do outro. Mas quando ele é carinhoso, e procura abençoar a vida do cônjuge é totalmente válido. Lembre-se, dar e receber, receber e dar, é um viés do amor. Tem gente que sabe dar amor, mas não sabe receber. Então receba o amor do seu amado e retribua com toda dedicação.

#Desafio11



Quais as necessidades da sua esposa ou do seu marido que possam ser supridas por você hoje? Você pode adiar uma viagem de negócios? Fazer uma massagem nas costas ou nos pés dele? Tem algum trabalho doméstico onde possa ajudar? Você homem já lavou as roupas da sua esposa algum dia? Isso pode mudar o coração dela! 
Escolha algum gesto que diga " Eu cuido de você", e faça isso com um sorriso.
Andy Veríssimo Blogueiro

Cristão, publicitário de profissão, teólogo e poeta nas horas vagas. Músico e ministro de louvor, amante de sorrisos, do amor, dos livros e de bacon, é claro. Desde pequeno, sempre escrevi poesias, sempre apaixonado pela escrita decidi colocar alguns desses retalhos num blog.

18 comentários:

  1. Uau! Que texto lindo. Detalhista na descrição do amor.

    As vezes me pergunto em como o amor chegou a ser banalizado como ele está. Muita gente diz que ama, mas não ama. Muita gente diz que não ama, mas ama. É como se os papéis fossem invertidos quando se trata do amor. Hoje em dia, também, expressar amor sem receber é ser taxado de 'idiota'. Isso é triste.

    Mas sempre chego à conclusão que, o amor, independente do que eu vejo por aí, é o cuidar, e o decidir, o estar. É o que eu seu texto diz.

    Gostei muito. Sucesso! Abraços!

    {www.ligadanafe.com}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem citado Julia, é raro hoje em dia um relacionamento onde o amor é simplesmente amor. Sem nada exigir, sem nada cobrar, apenas doação. Creio muito nisso, no amor que se doa continuamente. Quando os dois entendem esse papel, é poderoso.

      Deus abençoe, volte sempre! Obrigado pela visita *-

      Excluir

  2. O melhor amor é aquele que é demonstrado e não só falado.

    Lindo post! ♥

    Colhendofe.blogspot.com.br
    Nossopapocristao.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor é Atitude! Gosto sempre de dizer, " as gentilezas são o combustível do amor".

      Obrigado pela visita, volte sempre *-

      Excluir
  3. Muito lindo seu texto Andy, e inspiradoras suas palavra. Concordo com você, o amor é uma troca, dar e receber, sem interesse mas de coração.
    Qualquer simples coisa que venha do coração e que nunca se tenha sido feito fará toda a diferença no relacionamento.
    Que seja recíproco, que seja contínuo, que seja verdadeiro, e cheio de amor.

    http://blogamay.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou certo que aquela palavra que Jesus disse que nos final dos dias o amor de muitos se esfriaria. E eu vejo essa palavra não apenas em relação a Deus onde as pessoas cada dia mais se tornam distantes, mas também em relação ao seu próximo. O índice de divórcios tem aumentado, e isso se torna cada dia mais comum. Pessoas se casam já pensando em acabar se algo sair do esperado. Eu acredito num amor simples, mas num amor forte que sobrevive a qualquer tempestade!

      Obrigado pela visita e o comentário Amay sz

      volte sempre linda!

      Excluir
  4. Texto lindo, você realmente descreveu o amor!
    Que Deus continue te abençoando.
    (Uma Mente Diferentona)

    ResponderExcluir
  5. O amor é construído através de pequenos momentos. "Eu cuido de você" é o melhor caminho para mantê-lo aceso. Ótima dica!! A paz

    www.gleisecaires.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho tão bonita essa frase: "Eu cuido de você". É muito forte e especial.

      Obrigado pela visita moça, Deus abençoe, volte sempre!

      Excluir
  6. Lindo texto, e como você mesmo falou, o amor não é egoista, não devemos pensar somente em nós e no nosso bem estar, mas quando estamos em um relacionamento devemos levar á sério e fazer o que estiver ao nosso alcance para fazer o outro feliz também. Pois os dois devem fazer a sua parte.
    http://espacogospelblog1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um fazer a sua parte. É exatamente isso! No amor não cabe egoísmo.

      Obrigado pela visita Fabi, Deus te abençoe, volte sempre.

      Excluir
  7. Oi Andy!:]
    Muitas vezes é dificl aceitarmos que para amar precisamos ser vulneravéis, "Amar é se tornar vulnerável", na maioria das vezes dizemos que amamos, mas estamos a maior parte do tempo "armados" esperando só um erro do outro. Quando se há intimidade, há também falta de sensibilidade para com o próximo. Acho lindo ver você falar com tanta propriedade sobre algum assunto. Parabéns Andy, seu crescimento é lindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie May, realmente pensar que no amor nos tornamos vulneráveis não e fácil. Não é fácil ser vulnerável. Todos os dias nossa sociedade nos pede força. Exige de nós sermos mais fortes diante do mundo, é até uma questão de sobrevivência. Mas, o amor foi a maneira de Deus colocar dentro de nós sensibilidade.

      Obrigado pela visita May sz

      Excluir
  8. De fato Andy, ótima colocação sobre o amor! sucesso.
    ->blog-primeira-essencia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Acho que se eu continuar lendo os seus textos eu vou acabar me tornando sensível (para esse tipo de amor) haha. Um sentimento tão nobre e escasso precisa ser mais divulgado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ebaaa! Jack, quando eu leio a bíblia, vejo um Deus romântico!, Vejo um Deus cheio de amor e um Deus que escreve nossa história!. Abra seu coração moça! haha Obrigado pela visita sz

      Excluir